Blog TKS

Intercâmbio na Inglaterra: o que levar em consideração em relação aos valores?

Por Fred Zerey 20 de Setembro de 2018 Intercâmbio

Quando se fala em intercâmbio na Inglaterra, muita gente logo imagina que é necessário fazer um investimento muito alto. Afinal, a libra esterlina é uma moeda muito valorizada e em um primeiro momento pode ser assustador pensar na conversão do real para custear o intercâmbio.


Porém, ainda assim o país pode ser um destino acessível para se realizar essa experiência e, se parar para pesquisar a fundo, você vai perceber que a Inglaterra pode ser mais econômica que outros lugares pelo mundo onde você pode estudar inglês. Veja só:

Intercâmbio na Inglaterra: o que levar em consideração em relação aos valores?

Independentemente do país ou da cidade escolhida para um intercâmbio, seu preço pode variar muito de acordo com diversos fatores que são definidos pelo intercambista. Por isso, algumas coisas precisam ser levadas em consideração e, assim, é possível viver na Inglaterra sem estourar o orçamento.

Cidade escolhida

O primeiro passo é escolher a cidade ideal para seu intercâmbio. O mais importante é pesquisar sobre o destino para descobrir se ela tem a ver com seu perfil e seus interesses. Descubra o que terá para fazer na cidade em seu tempo livre, como estará o clima durante sua viagem, entre outras coisas.


Mas, além disso, pesquise sobre o custo de vida nas cidades que te interessam. O Reino Unido possui diversas cidades de tamanhos e características variadas que não são tão caras de se viver e podem ser muito mais acessíveis do que grandes cidades em outros países, como Nova York, por exemplo. É preciso considerar o preço das acomodações, refeições, transporte, passeios e outras atividades que você tenha interesse em realizar durante o intercâmbio. Algumas cidades mais baratas na Inglaterra são Oxford e Cambridge.

Valor do curso

Também é preciso considerar que os cursos de idiomas na Inglaterra algumas vezes são mais baratos que eu outros países. Dessa forma, mesmo pagando em uma moeda mais cara como a libra, na conversão final o investimento pode ficar mais baixo do que pagando em dólar, por exemplo.

Passagens aéreas

Este é um "detalhe" que muitas vezes passa despercebido, mas também deve entrar no planejamento financeiro de um intercâmbio, já que as passagens aéreas podem fazer toda a diferença no custo final.


As passagens aéreas para a Inglaterra possuem preços semelhantes em relação aos EUA, por exemplo, e podem até ser mais baratas se você encontrar uma promoção com conexão em outros países europeus. Países como África do Sul e Austrália acabam tendo valores mais altos por causa do preço que se paga para chegar até lá.

Viagens e Lazer

Um ponto muito positivo da Inglaterra é a proximidade de vários outros países, o que faz com que seja muito mais barato viajar em seu tempo livre. Uma viagem entre países europeus pode ser mais rápida e econômica do que ir de uma cidade a outra nos Estados Unidos, por exemplo.


Essa é uma grande oportunidade de conhecer diferentes culturas e lugares únicos de forma simples e barata.


Olhando por estes pontos de vista, fazer um intercâmbio na Inglaterra ficou bem mais fácil, não é mesmo? E para começar a se planejar o quanto antes, entre em contato conosco e descubra as condições que podemos lhe oferecer para tornar este objetivo ainda mais próximo de você!