Blog TKS

Melhorar o currículo: 4 dicas que farão o RH te ligar agora mesmo

Por Fred Zerey 20 de Março de 2017 Planejamento Educacional


O mercado de trabalho está muito concorrido e conseguir um bom emprego parece estar cada vez mais difícil. Diante dessa realidade, estar constantemente em busca de melhorar o currículo é o primeiro passo para conquistar uma oportunidade de trabalho, já que ele é sua carta de apresentação para as empresas.

Se você não tiver um CV adequado, não terá nem mesmo a chance de passar para a fase seguinte do processo seletivo. Pensando nisso, nós preparamos 4 dicas para tornar seu currículo competitivo e te ajudar a conquistar um novo emprego. Confira!

1. Faça um intercâmbio

Hoje, a melhor maneira de dar um upgrade no seu currículo é realizando um intercâmbio. A vivência fora do país não só agrega qualificações técnicas como cursos de idiomas, mas também indica outras qualidades em você, como a flexibilidade e a capacidade de adaptação.

O intercâmbio é, também, uma prova muito mais concreta de que você domina um segundo idioma. Além do certificado do curso que você fará no exterior, ainda terá a experiência de viver por um tempo falando em outra língua. Por isso, invista em um intercâmbio e veja seu currículo ganhar muitos pontos extras!

2. Tenha um trabalho voluntário

Parece clichê, mas um trabalho voluntário também te faz ganhar pontos com um possível empregador. Além de desenvolver habilidades importantes, como a capacidade de trabalhar em equipe, experiências como voluntário mostram que você está preocupado com o mundo ao seu redor.

Portanto, procure alguma causa com a qual você tenha afinidade e se engaje. Além de melhorar o currículo, também vai fazer bem para a sua alma!

Vale a dica de procurar alguma entidade ou organização de renome, ainda que em nível local, pois ela será mais facilmente reconhecida e passará credibilidade ao contratante.

3. Invista em cursos

Hoje em dia fazer cursos está cada vez mais fácil, já que existem diversas opções disponíveis a baixo custo ou até mesmo gratuitamente na internet, caso você não consiga investir em formações presenciais.

Com tantas opções, nossa dica é que você dedique um tempo para pesquisar cursos que sejam da sua área, que tenham alguma aplicação prática e que complementem a sua experiência.

Caso você resolva fazer cursos que não estejam ligados à sua área de formação ou àquela na qual você pretende trabalhar, não as inclua em seu currículo.

4. Adeque o seu currículo à vaga pretendida

Lembre-se que cada vaga possui suas particularidades. Por isso, é muito importante que ao montar o seu CV você o formate para a oportunidade que está buscando.

Destaque sempre as habilidades e experiências que fazem mais sentido para a vaga pretendida e, se necessário, omita aquelas que poderiam ser interessantes caso você estivesse pleiteando outra colocação.

Processos seletivos geralmente envolvem muitos candidatos. Isso significa que o recrutador analisará muitos currículos e selecionar apenas uma pequena parcela deles para a entrevista. Assim, você tem apenas alguns minutos — para não dizer segundos –—para fisgar a atenção do RH. Por isso, capriche no seu CV! Ele é a sua porta de entrada para o mercado de trabalho.

Gostou das nossas dicas? Então, compartilhe esse texto em suas redes sociais e ajude outras pessoas que também precisam melhorar o currículo em busca de uma vaga de emprego!